Você está aqui: Skip Navigation LinksInvestPedia > Ações e Derivativos > Análise Gráfica > Indicadores: Aprenda a utilizar as Bandas de Bollinger
Olá, visitante, seja bem vindo.

Indicadores: Aprenda a utilizar as Bandas de Bollinger

Aprenda a utilizar as Bandas de Bollinger, saiba para que servem, como interpretá-las, quais as principais estratégias, conceitos básicos e avançados, além de pontos de entrada e saída em trades. Tudo isso através de exemplos gráficos reais.

ÁREA DE ACESSO EXCLUSIVO PARA CADASTRADOS

Visitante,

O Investpedia tem áreas de acesso restrito a usuários cadastrados. Se você já é cadastrado, por favor entre com seu login e senha nos campos ao lado.

Ainda não é cadastrado?
Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

Avaliar:   (11 votos)  
Comentário 19 Comentários
Minha foto
Ver Perfil
SLoprj
03/04/2010 às 11:49:45
  (14 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Achei o artigo muito bom e a explicação muito didática, mas além de ele ter me apresentado uma nova (para mim) sistemática, também despertou minha curiosidade quanto a uma "entrelinha" abordada no texto: "união das bandas de bollinger com o uso do IFR". Entendi que a Bollinger e o IFR exegam coisas diferentes e se unem para passar uma informação mais completa. Que outros indicadores se prestam a esse papel? Quais outros indicadores podem em conjunto (ou dupla) fazer a mesma função?

Peço desculpas se minha pergunta estiver fungindo do tópico, mas eu quis aproveitar o aparecimento do assunto para entrar com a questão. Mas, quem sabe, para não atrapalhar o andamento do tópico, fica aqui uma sugestão para outro artigo.

Grande abraço.
Avalie este comentário:   (2 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
03/04/2010 às 17:16:16
  (254 votos)
Campinas - SP
SLoprj, parabéns pela pergunta. Vamos lá!

Em análise técnica não existe "receita de bolo", cada ativo se comporta de uma maneira e cada operador prefere usar um ou outro indicador, mas vou tentar exemplificar melhor para você.

Como dito no artigo, indicadores como OBV, IFR e MACD podem ajudar a interpretar os gráficos quanto utilizados em conjunto com outros indicadores, como bollinger por exemplo.

Durante um período de estreitamento de bandas fica difícil saber para que lado os preços irão romper apenas se baseando no gráfico de preços. Por isso, podemos utilizar outros indicadores. Nesse caso, se indicadores como MACD, IFR, etc. apresentarem divergências, ou seja, topos e fundos ascendentes, pode ser um sinal de que o rompimento será para cima. Se forem topos e fundos descendentes pode ser um sinal de rompimento para baixo.

Não sabemos o momento do rompimento. O lado bom desse tipo de estreitamento é que geralmente o STOP é curto, tanto na compra quanto na venda.

Outro detalhe é não utilizar muitos indicadores, pois um acaba anulando o outro. Utilize dois ou três que julgar mais adequados para seus trades e se baseie por eles. Sou da opinião que em análise técnica menos costuma ser mais. Se o simples funciona, pra que complicar? Abraço!
Avalie este comentário:   (2 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
SLoprj
04/04/2010 às 17:10:59
  (14 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Obrigado pelos esclarecimentos, Sinésio. Foram úteis.

Grande abraço.
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
cunhaleo
05/04/2010 às 22:30:52
  (22 votos)
São Paulo - SP
Nossa, genial essa combinação entre IFR e Bandas de Bollinger. Sinésio, só uma pergunta, a periodicidade do seu IFR é de 14 períodos?

Abraços!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
07/04/2010 às 14:58:55
  (254 votos)
Campinas - SP
cunhaleo, utilizo o IFR 14 como base. Dependendo do trade ou da estratégia dou uma olhada em algumas calibragens para menos (2,3,7,9) ou para mais (20,21,25), mas a base é sempre o de 14, o utilizo na grande maioria das análises, ok? No artigo sobre IFR tem uma dica bacana de calibragem para tendências de alta e de baixa que utilizo bastante também. Abraço!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
jogal
11/04/2010 às 11:48:39
  (12 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Esta combinação Bollinger/IFR poderá me ajudar muito!!! Sou extremamente medrosa e geralmente só compro quando o papel está na bacia das almas da bollinger, ou seja, pendurado do lado de fora das bandas. Dá certo -- minhas pesquisas com montes de papéis nos piores momentos dos próprios papeis e/ou da bolsa mostram que raramente ocorre de cairem mais depois disso (e saio rápidamente tb: só belisco um lucrinho mínimo e me mando). Enfim, sou medrosa ao extremo. O resultado é que encontro pouquíssimas oportunidades de operação. Fiqui esperançosa com esta combinação Bollinger/IRF, pois talvez ela me permita operar um pouco mais. Vou exmainar o passado dos papéis à luz desta combinação e avaliar se posso abrir mão de um pouquinho do meu medo. Transmita meu entusiasmo aos responsáveis pelo site (inclui você, não?), pelo fato de as explicações estarem escritas tão corretamente. Isso é raro em sites sobre investimentos. A maioria é tão mal escrita que a compreensão dos conceitos e técnicas fica irremediavelmente comprometida. Gratíssima, Sinésio.
Avalie este comentário:   (6 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
11/04/2010 às 13:31:15
  (254 votos)
Campinas - SP
Jogal, obrigado pelos elogios. Eu e toda equipe do site nos sentimos recompensados.

Quanto ao medo, acho de extrema importância. O mercado merece respeito. Infelizmente a bolsa é muitas vezes confundida com um cassino, mas quem dá essa característica a ela são os indivíduos que entram para jogar e não para ganhar dinheiro. Entram pela emoção dos trades. Para essas pessoas costumo dizer que o ingresso da montanha russa dá mais lucro e menos prejuízo.

Se todos pensassem como você, os resultados, com absoluta certeza, seriam mais consistentes. É a filosofia do atirador de elite, atirar para acertar. As vezes vale mais esperar semanas ou até meses por uma operação com excelente relação risco vs retorno do que ficar pulando de galho em galho com resultados bastante fracos e despesas extras com corretagens e taxas.

Essa estratégia de Bollinger + IFR não oferece muitas entradas e saídas, mas em termos estatísticos oferece entradas com maior potencial de lucro nas vezes em que ocorre. É isso que devemos buscar! Abraço e obrigado pelo comentário.
Avalie este comentário:   (2 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
SLoprj
11/04/2010 às 19:24:40
  (14 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Muito boa a imagem do atirador de elite, Sinésio. Por ser algo mais dentro da nossa realidade diária (moro do RJ, tá?), fica uma imagem bem forte na mente: esperar pacientemente pelo momento certo, que pode demorar horas, dias, semanas etc. Foi, até agora, a melhor orientação que recebi de como se comportar em relação as operações na bolsa: muito prático!

Gostei!

Parabéns!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
11/04/2010 às 23:49:00
  (254 votos)
Campinas - SP
Isso aí Sérgio! Só lembrando que o que é certo ou errado na bolsa a gente só descobre depois, antes é impossível de saber.

A comparação com o atirador de elite foi para ilustrar que devemos esperar para entrar em operações que ofereçam uma boa relação entre o risco e o possível retorno, e não ficar pulando de galho em galho. No artigo sobre Risco vs. Retorno isso está bem explicado. Abraço e bons negócios!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
SLoprj
14/04/2010 às 20:04:33
  (14 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Sinésio, ainda não tenho condições de aplicar na bolsa, mas estou aproveitando o tempo para aprender. Tenho feito aqueles simulados da folhainvest e do uolinvest e tenho percebido que a parte mais difícil, talvez até mais do que tentar entender as figuras em um gráfico, é o tal do autocontrole. Ainda é difícil lembrar de ter a paciência para esperar o momento certo de comprar, lembrar de que não preciso comprar somente porque tenho dinheiro sobrando na carteira ou porque posso ficar esperando um aumento milagroso e que os stops são indispensáveis. Enfim, preciso muito aprender a usar a "paciência do atirador de elite" antes de passar a atuar num investimento real. Por enquanto, só posso dar tiros de festim (é mais barato).

Grande abraço.

Sérgio Lopes
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
15/04/2010 às 12:20:10
  (254 votos)
Campinas - SP
Sérgio, costumo recomendar para qualquer pessoa que queira entrar na bolsa, que o faça logo e com pouco dinheiro. Você só aprende estando dentro do jogo. Obviamente que um mínimo de conhecimento é necessário para não cometer besteiras básicas, e para isso o Investpedia está aqui.

Auto-controle é das coisas mais difíceis e você só aprende estando dentro da bolsa, não tem outra maneira. No simulador você pode ser o melhor cara do mundo, mas quando entrar pra valer, com dinheiro seu, e de verdade, aí a coisa muda, e muito, de figura.

Quanto a esperar o momento certo depende de sua estratégia. Se for longo prazo, o timming certo pouco importa, agora se for pra trades mais curtos, então é preciso mais técnica para tentar captar os momentos mais adequados. Sempre lembrando que o melhor momento a gente só descobre depois. Antes, só podemos nos cercar de estratégia bem definida, tanto se o plano der certo, quanto se der errado.

Ontem colocamos nosso fórum no ar. Será um prazer responder dúvidas e questionamentos lá. O link está no menu "Comunidade". Se quiser perguntar alguma coisa, alguma análise de papel, alguma dúvida específica, fique a vontade. Te espero por lá. Abraço!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
Plauto
18/04/2010 às 21:57:07
  (1 voto)
Bom artigo !
Gostei de sua colocação sobre parecer ser fácil,mas é na hora do trader que vale a disciplina e o método escolhido antes de se ter entrado !
At,
Plauto Rocha.
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
jogal
24/04/2010 às 19:17:03
  (12 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Caro SLoprj,
A simulação é indispensável, mas é também uma armadilha. Desconfie de vc mesmo dutrante a simulação. Fiz simulação por um ano, usando as cotações e gráficos em tempo real da ADVFN e fazendo aplicações como se estivesse aplicando a grana que eu iria receber um ano depois. Fiquei pasma com a quantidade de dinheiro que eu estava "ganhando" e isso sem conhecer quase nada de análise gráfica. Aí comecei a pensar que não podia ser daquele jeito na vida real. A pergunta que me fazia era a seguinte: por que um presidente do Bradesco iria se dar ao trabalho de iniciar seus estressantes dias com uma reunião às 7 da manhã, na Cidade de Deus (SP), quando ele poderia estar em algum lugar maravilhoso,em qualquer canto do planeta, operando a partir de um potente notebook e ganhando muitíssimo mais do que sendo um pobre presidente do Bradesco? Se ele quisesse, ele poderia largar tudo. Como ele, com toda a certeza, começaria isso com uma poupança muitíssimo maior que a minha pobre poupança, poderia aplicar pesado já de início e ganhar fortunas diariamente. Assim, comecei a pensar que na vida real, na frente da tela do homebroker, com minha grana de verdade, eu não ia, certamente, ganhar nem um terço do que estava obtendo na simulação. Comecei a operar de verdade há pouco tempo e é isso aí: na vida real, a rentabilidade é muito menor e apesar de um ano de treino ainda fiz umas besteirinhas lá no comecinho. O fato é que ficando ligeiramente acima da renda fixa (descontados o IR e a corretagem) já é prá lá de bom. Creio que quando eu me tornar mais experiente poderei melhorar um pouco a rentabilidade. Por enquanto não tenho conhecimento suficiente para isso.
Avalie este comentário:   (3 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
Sinésio
25/04/2010 às 13:31:11
  (254 votos)
Campinas - SP
jogal, bem colocado seu comentário. Parabéns!

Na minha opinião, simuladores servem apenas para aprender o básico sobre o funcionamento da bolsa de valores, ou seja, algumas regras, parâmetros operacionais, siglas e nomenclaturas para tentar evitar alguns erros básicos e simples, que por incrível que possa parecer, muita gente acaba cometendo por pura falta de informação e estudo.

Na hora de operar com seu próprio dinheiro a coisa muda radicalmente. É como o jogador de poker que ganha todos os torneios online com dinheiro de "mentirinha" e na hora de jogar com seu dinheiro de verdade não chega nem próximo de sua performance anterior. Aprender a controlar as emoções e a ter disciplina são duas das coisas mais difíceis dentro da bolsa. Abraços!
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
SLoprj
29/04/2010 às 06:36:59
  (14 votos)
Rio De Janeiro - RJ
Bom dia, Jogal e Sinésio.

Minha idéia é fazer mais ou menos o mesmo caminho feito por você, Jogal. Meu conhecimento sobre Mercado de Ações, até 2 meses atrás, era "0". Minha intenção com os simuladores é justamente aprender o básico, como citado pelo Sinésio. O que gosto nos simuladores é que por lá dá para ter uma noção, entre outras coisas, de como o ativo se "movimenta". Por exemplo, descobri que a Embraer, ao contrário dos jatos que fabrica, "voa" com uma lerdeza impressionante (rs). Outra coisa, se hoje, com o conhecimento que tenho (0,1), estivesse aplicando na bolsa, estaria em pânico com esse "desmoronamento" geral que anda acontecendo (alías, Sinésio, por que isso tem acontecido tanto? Quase semana sim, semana não.).

Infelizmente não tenho como acompanhar o andamento em tempo real, pelo menos por enquanto, então, acompanho as contações e comparo com o gráfico (como não uso tempo real, gosto do Apligraf).

Bem, já estou me estendendo mais do que o recomendado para o espaço, resumindo: Minha intenção é aprender o básico do básico. Somente terei condições de atuar diretamente no ano que vem, e, enquanto esse momento não chega, aproveito todo o tempo que arrumo para estudar e observar algumas coisas.

Jogal, obrigado por dividir com a gente a tua experiência. Com certeza, quando chegar minha vez, vou lembrar de algumas coisas que você escreveu.

Sinésio, obrigado pela ajuda e pelas sempre sensatas colocações.

Saúde & Paz.

Sérgio Lopes

Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
MMARCOZZI
09/12/2010 às 15:30:01
  (71 votos)
Goiânia - GO
Vlw por mais essa Sinésio!

Muito bacana a explicação, constumo usar BB e IFR mas não sabia dessa combinação fatal! "As entradas são poucas mas a probabilidade são altas".
Um camarada passou essa orientação uma vez: "o trade tem q ser do meu jeito, se não for não entro. Caso estiver dentro pulo fora." Procure trades do seu jeito q a probabilidade de acertar é boa, não opere em demasia. Saiba parar um pouco, observe, análise, vá a caça... se não encontrar volte amanhã, o Mr. Mercado esta todo dia aí.

Grato por mais esse artigo

Marcos
Avalie este comentário:   (2 votos) 
Minha foto
Ver Perfil
jeanjs
18/10/2011 às 12:40:00
  (1 voto)
Muito bem explicado, agora vou me aprofundar no IFR
Avalie este comentário:   (1 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
mjorge53
19/06/2014 às 10:47:02
  (0 voto)
sou muito inexperiente . estou a começar agora. pergunto: como acho gráficos em tempo real que forneçam as bandas de bollinger? achei o artigo muito interessante e prudente. parabens
Avalie este comentário:   (0 voto) 
Minha foto
Ver Perfil
batistuta
13/04/2015 às 18:19:41
  (0 voto)
Ola!
Qual a melhor estrategia de todas,ou seja qual vc usa para investir Medio
Avalie este comentário:   (0 voto) 
Inserir comentário Para comentar é necessário se cadastrar
Ainda não é cadastrado?
Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.
PRODUTOS RECOMENDADOS
Uma seleção especial de e-books, livros e outros produtos que o Investpedia recomenda!
publicidade
publicidade
Todos os direitos reservados. Investpedia 2010.
Sites indicados:
As informações e análises contidas neste site tem como único propósito servir de material educacional e, em hipótese alguma, sugerem a compra ou a venda de qualquer tipo de ativo financeiro, assim como as estratégias aqui abordadas não constituem recomendação de investimento. O Investpedia não garante, de forma alguma, a exatidão das informações contidas em seus artigos, visto que estratégias educacionais e de análises de ativos podem ou não servir para diferentes tipos de investidores e que os parâmetros operacionais das bolsas de valores podem ser alterados periodicamente, não sendo obrigação do site a manutenção de tais informações, com ou sem prévio aviso. O objetivo do site é fornecer o conhecimento necessário para que o investidor possa atuar de maneira independente no mercado de capitais e fazer juízo próprio de tais informações, não cabendo aos seus diretores nenhum tipo de responsabilidade por lucros ou prejuízos. O Investpedia guarda o direito de alterar quaisquer informações disponibilizadas neste site sem prévio aviso.